Biblioteca Pública
Notícias

Programa Vale Renda tem novas vagas em Ponta Porã.
Terça, 08 de Outubro de 2013 - h


Programa oferece cursos de capacitação
O Programa Vale Renda, do Governo do Estado em parceria com a Prefeitura Municipal de Ponta Porã está oferecendo novas vagas. Os interessados deverão se dirigir, munidos de documentos pessoais, à sede do Centro Integrado de Atendimento ao Trabalhador (CIAT), à Rua Deputado Aral Moreira Nº 118. O Vale Renda é um programa desenvolvido pela Superintendência de Benefícios Sociais, da Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (SETAS), que tem o objetivo de desenvolver ações voltadas para as famílias sul-mato-grossenses em situação de vulnerabilidade socioeconômica, auxiliando-as no trajeto para a independência e melhores condições de vida em um futuro mais digno. A gestão do Programa Vale Renda é atribuição de órgão integrante do grupo responsável pela prestação de serviços ao cidadão e que orienta e executa ações que visam a inclusão social, promoção da cidadania e geração de emprego e renda. Além de oferecer cursos de capacitação, o programa consta de um benefício em pecúnia que é atualizado anualmente, com base na inflação. Em 2013 está sendo praticado o valor de R$ 160,00 e é o único programa de transferência de renda do país que repassa 13 parcelas anuais às famílias beneficiadas. Além do aporte financeiro as famílias participam de reuniões socioeducativas mensais, oportunidade onde participam de palestras recebendo informações sobre seus direitos, serviços públicos, conceitos de cidadania, entre outros. Em todos os municípios do Estado há equipes que visitam, cadastram e fazem acompanhamento das famílias, verificando se atendem os critérios pré-estabelecidos e em caso positivo, orientando-as para o posterior cumprimento das exigências do Programa Vale-Renda. A família deve ter renda per capita inferior ou igual a meio salário mínimo; residir no Estado há pelo menos dois anos; e não ser beneficiária de outro programa social do governo federal, estadual ou municipal, exceto quando o valor total dos benefícios recebidos seja inferior ou igual a meio salário mínimo ou haja a integração de programas sociais entre as esferas governamentais.




Voltar